Portugal - O País Mais Perto do Coração

terça-feira, 12 de julho de 2011

Novo Atlas das Aves Invernantes e Migradoras procura voluntários por todo o país

É um projecto que irá envolver toda a comunidade ornitológica nacional e recolher informação fundamental sobre a abundância e distribuição das aves fora do período reprodutor. Será certamente um marco na ornitologia Portuguesa.


O novo projecto Atlas das Aves Invernantes e Migradoras de Portugal é uma parceria da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA), com a Universidade de Évora, a Secretaria Regional de Ambiente e do Mar (Açores), o Serviço do Parque Natural da Madeira, o Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade e a Associação Portuguesa de Anilhadores de Aves. É um projecto co-financiado pelo Fundo EDP Biodiversidade.
Os "atlas das aves" são ferramentas fundamentais na inventariação e gestão da biodiversidade à escala nacional. Portugal não possui ainda nenhum atlas das aves invernantes e migradoras que abranja a totalidade do território nacional. Com este projecto pretende-se conhecer a distribuição e abundância das espécies de aves durante os períodos da migração pós-nupcial e do Inverno, em todo o território continental e nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores.
Os atlas têm a capacidade de reunir o interesse de muitos ornitólogos profissionais e amadores. A SPEA conta com a participação regular de várias centenas de observadores de aves voluntários no âmbito dos seus projectos de monitorização e pretende envolver neste projecto mais de 500 observadores de aves, que serão responsáveis pela recolha da maior parte da informação no terreno. Este projecto irá certamente contribuir para o crescimento da participação activa dos cidadãos no estudo e protecção da natureza.
Os trabalhos de campo vão começar a 1 de Agosto e a ajuda dos observadores de aves será fundamental. A SPEA apela , por isso, à colaboração voluntária de todos, e a que se inscrevam o quanto antes, de modo a facilitar a organização e distribuição do trabalho por todos,. Mais informações e inscrições como voluntário:



Turismo de Portugal, 07 de Julho 2011