Portugal - O País Mais Perto do Coração

terça-feira, 21 de abril de 2009

PROJECTO BIORIA ORGULHO DE COOPERAÇAO PRIVADO/PUBLICO

O Presidente da Câmara de Estarreja quer levar o exemplo do projecto BioRia a todo o município. José Eduardo Matos inaugurou ontem o Centro de Interpretação Ambiental, junto ao percurso de Salreu, um investimento de 83 mil euros.
José Eduardo Matos destacou que o projecto BioRia é pioneiro na recuperação e requalificação ambiental de zonas degradadas da região do Baixo Vouga Lagunar e que a sua experiência vai ser espalhada pela zona da ria de Aveiro através do programa Polis Ria.
O Centro de Interpretação Ambiental ontem inaugurado será o ponto de recepção dos visitantes do Percurso de Salreu do BioRia e de formação ambiental, visando a sensibilização do público para a importância do património natural.

Trata-se de um investimento total de 83 mil euros, incluindo a empreitada, aquisição de terreno e instalação de uma Torre de Observação, e foi apoiado em 10 mil euros, pela Nestlé, através do mecenato cultural, num protocolo que foi assinado em 2005.

O equipamento é uma estrutura em madeira, amovível, sendo possível transladá-lo para outro local quando for necessário, sem impacto ambiental e integra um mini-auditório com capacidade para 21 pessoas, um pequeno espaço de descanso com o residência temporária para investigadores e estudantes (capacidade de três pessoas), para além de sanitários e um abrigo para bicicletas.

No Percurso de Salreu do projecto BioRia foram recentemente instaladas uma dezenas de estruturas artificiais para ninhos de cegonha, para que estas possam ali nidificar em Fevereiro, facilitando aos visitantes a observação da espécie nessa época. O Esteiro de Salreu sofreu ainda obras de recuperação da responsabilidade da Junta de Freguesia.

O projecto foi ainda reforçado pela Câmara de Estarreja em meios humanos, como a contratação de mais um técnico e o respectivo "site" tem agora novas funcionalidades, com apresentação bilingue (português e inglês), mais galeria de imagens, incluindo vídeo, e novos menus, nomeadamente projectos em desenvolvimento, recorte de imprensa, loja BioRia e noticias.

O projecto BioRia, impulsionado pela Câmara de Estarreja, numa área da responsabilidade da Administração Hidrográfica do Centro, pretende conservar a biodiversidade do Baixo Vouga Lagunar, aproveitando a área para a educação e sensibilização ambiental e promovendo o ecoturismo. Parte da promoção no estrangeiro tem sido feita através de uma empresa de transportes rodoviários internacionais da região.